06/05/2011

Chitãozinho completa 57 anos; dupla segue nas comemorações aos 40 de carreira

Além do show normal de carreira, durante todo esse ano de 2011, Chitãozinho e Xororó viajarão o Brasil com uma apresentação especial comemorativa aos 40 anos de carreira.
Trata-se de um show bem diferente. Geralmente feito em teatros ou lugares fechados com mesas, a dupla narra, através de sucessos, as 4 décadas de discos gravados.
Após um vídeo que conta a história da dupla, os irmãos entram no palco cantando “Galopeira”, gravado em 1970 nesse disco abaixo.
E, cronologicamente, vão apresentando sucessos até chegar ao disco de 2009, com a segunda versão de “Planeta Azul”, presente no álbum “Se for pra ser feliz”.
Das 22 canções do show, tocadas com arranjos iguais aos originais, quase todas fizeram parte do repertório de apresentações nos últimos anos, devido ao sucesso delas. As exceções ficam por conta de “Amada Amante” (1981), ”Amante” (1984),  e “Pago Dobrado” (1985), a mais “nova” das três e que é um modão, estilo que ainda foi muito forte nos anos 1980.
“Pago Dobrado”, pela reação do público, era a música menos conhecida do repertório (curiosamente, uma das melhores). A canção é a primeira faixa do disco “Fotografia”, que traz canções como “Estrada”, “Fotografia” e “Metade de Alguém”. Aos que não conhecem, a canção pode ser conferida abaixo.
Os tons das músicas são os mesmos. Tanto é que na abertura do show, a canção “Galopeira” começa a ser tocada na versão de 1970, e a dupla entra no palco já no final da música, acompanhada da banda. Como a voz do Xororó sempre vira assunto após os shows, vale ressaltar que a interpretação mais marcante, só para variar, é da música “Se Deus Me Ouvisse”.
Por curiosidade, pouca gente sabe, mas o compositor dessa música é Almir Rogério, que ficou conhecido nacionalmente com a música “Fuscão Preto”. Mais curioso ainda é que Almir é sobrinho de Teddy Vieira, compositor de “O Menino da Porteira”, “Rei do Gado” e “Couro de Boi”, entre tantos outros clássicos.
Do repertório, também fazem parte as canções “indispensáveis”, como “Fio de Cabelo”, “Evidências e “60 Dias Apaixonado”.
É esse show, inclusive, que será transmitido pelo YouTube no dia 15 de maio, um domingo.
___
As comemorações de 40 anos de carreira, que começaram no ano passado com a gravação de 2 DVD’s, continuam esse ano com esse show especial, e com a gravação de um terceiro DVD, programado para agosto.
Desse projeto, que será gravado na Sala São Paulo (SP) sob os olhares e com a participação do maestro João Carlos Martins, não participarão artistas sertanejos, os convidados virão de diversos outros estilos musicais.
Quando acompanhei o show da dupla, duas semanas atrás, em Joinville-SC, os convidados ainda estavam sendo confirmados, mas deve haver participações de nomes como Caetano Veloso, Fafá de Belém e Djavan.
Até o meio do ano, há mais 7 apresentações especiais de 40 anos confirmados. São elas:
06/05: Porto Alegre/RS
07/05: Passo Fundo/RS
03/06: Bauru/SP
11/06: São José do Rio Preto/SP
30/06: Manaus/AM
01/07: Belém/PA
16/07: Campinas/SP
*Hoje, 5 de maio, é aniversário do Chitãozinho.
___
Repertório do show de 40 anos
Galopeira
60 Dias Apaixonado
Amante Amada
Fio de Cabelo
Amante
Pago Dobrado
Se Deus Me Ouvisse
Falando às Paredes
A Majestade o Sabiá
Tenho Ciúme de Tudo
No Rancho Fundo
Coração Sertanejo
Evidências
Brincar de Ser Feliz
Vá Pro Inferno Com Seu Amor
Ela Não Vai Mais Chorar
Bailão de Peão
Frio da Solidão
Na Aba do Meu Chapéu
Alô
Sinônimos
Se For Pra Ser Feliz
Planeta Azul


Fonte - Universo Sertanejo

1 comentário:

Antonio Tadeu Segat disse...

Parabéns amigos!!!!
Vocês são a sequencia de uma história..
Acompanho suas evoluções desde ter ouvido Galopeira até os dias de hoje.

Felicidades!
http://tonyranthum.blogspot.com